Semana dos Seminários 2018

A Igreja celebra a Semana dos Seminários 2018, entre 11 e 18 de novembro, com o tema «Formar discípulos missionários».

“Nesta semana rezemos especialmente pelos nossos seminários. Demos graças a Deus pelos seminaristas e pelas equipas formadoras. Peçamos que Ele os ilumine no caminho de um discernimento sério e uma entrega plena.
Roguemos ainda ao Senhor que converta o coração de todos os batizados ao verdadeiro sentido de missão e àqueles que Ele chama ao ministério ordenado dê coragem para responderem com coragem e generosidade”, presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios.

Semana_dos_Seminarios_2018_Facebook_Cover

Na sua mensagem, D. António Augusto Azevedo explica que “confrontada com os desafios” da sociedade e a cultura de hoje, “a missão da Igreja exige sacerdotes bem formados, chamados a ser «evangelizadores com espírito» e testemunhas da santidade de Deus”.

“É fundamental que todos os agentes da formação – bispos diocesanos e seu presbitério, equipas formadoras, professores de teologia, colaboradores dos seminários, bem como as famílias, paróquias e outras realidades eclesiais – cumpram exemplar e dedicadamente a sua missão formativa”.

Existem diversos materiais para cada, sozinho e em comunidade, nos grupos e movimentos, rezar pelos seminários: Mensagem, a proposta de uma vigília de Oração pelo, a Oração pelo Seminários, a sugestão de preces para a Oração Universal, os Mistérios Gozosos do Rosário e ainda “pequeninos instrumentos” com o hino.

Semana dos Seminários 2018: GuiãoOração

Na Diocese de Setúbal, o Seminário de São Paulo, em Almada, recebe a Vigília Jovem – Vocare, às 21h00 no dia 16 de novembro, e todos os jovens estão convidados para participar.

SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2018_vigília vocare

Momento de oração, cânticos, testemunhos, convívio e magusto é o programa para a iniciativa na próxima sexta-feira que é organizada pelos grupos de jovens a Caminho, Eccomi, Fénix, MissionArte, Nossa Senhora da Conceição, pela Comunidade da Aliança de Misericórdia e pelo Seminário de São Paulo de Almada.

SEMANA DOS SEMINÁRIOS 2018_oração_2

Semana_dos_Seminarios_2018_Cartaz

2018-2020 – Partilha-te [em novos Caminhos]

Um Biénio da Juventude na Diocese de Setúbal

Olá a todos!

D. José Ornelas na Paróquia de Sesimbra (novembro 2018)

D. José Ornelas na Paróquia de Sesimbra (novembro 2018)

Encontramo-nos já a acompanhar a primeira visita pastoral do nosso Bispo, D. José, na paróquia de Santiago – Sesimbra, e é no início deste caminho da nossa diocese especialmente dedicado à Juventude que vos quero dirigir esta mensagem.

O ano passado a Pastoral da Juventude lançou o desafio a que todos nós, jovens, nos fizéssemos ouvir, no âmbito do inquérito diocesano lançado no contexto da preparação para o Sínodo dos Bispos. E ficaram prometidos “próximos episódios”… Então, aqui estamos: desejamos que este seja, de facto, um novo capítulo, um novo caminho para a Juventude da nossa diocese de Setúbal.

Certamente que têm ouvido, lido, visto inúmeras coisas acerca do Sínodo dos Bispos que decorreu em Roma até há uns dias. Foi, e está a ser, um tempo de Graça, muito propício a que a Igreja, que somos todos nós, não só reflicta seriamente sobre as realidades juvenis, como tome novos rumos nos quais os jovens assumam protagonismo, voz ativa e participativa, fiéis a Cristo e seus discípulos missionários.

Não queremos, não querem também vocês, estamos certos, que este seja apenas um momento que fique registado em fotos, vídeos, páginas escritas com conclusões e intenções muito bem formuladas mas que rapidamente pertençam ao passado. Este é um Sínodo de mudança, um ponto de partida para voltar e renovar o olhar para a juventude – que não é só esperança distante de futuro da nossa Igreja, é presente real e concreto, é verdadeira Pedra Viva!

Terão dado conta, também, de mudanças recentes na nossa diocese no que respeita à pastoral da Juventude – o nosso Bispo, D. José, instituiu o Departamento da Juventude e escreveu a nota pastoral “Jovens: pedras vivas na construção da Igreja”, no arranque de um biénio que é especialmente dedicado aos Jovens da Diocese.

Compromisso, Bênção e Envio da Equipa Diocesana - Foto Diocese de Setúbal

A equipa coordenadora do Departamento foi assim enviada para servir a Diocese ao longo deste biénio e propõe-se a ser um veículo de articulação de sinergias entre os vários movimentos juvenis e toda a acção de pastoral com e para jovens de Setúbal. Sob o tema “Partilha-te [em novos caminhos]”, queremos que, depois de se terem feito ouvir no questionário do ano passado, os jovens da diocese se tornem cada vez mais protagonistas verdadeiros da vida nas suas comunidades, paróquias, vigararias e diocese. Acompanhando os trabalhos e conclusões do Sínodo dos Bispos e apostando em oportunidades de formação para jovens, líderes e acompanhadores, é nosso objectivo que os jovens possam sentir-se acompanhados e motivados nos seus percursos de discernimento vocacional – descobrindo quem são e, acima de tudo, para quem são.

Inês e D. José OrnelasÀ boleia das visitas pastorais que decorrerão a todas as paróquias e comunidades da nossa diocese neste biénio, alimentados pela energia do Sínodo e tendo sempre no horizonte Jesus Cristo, a Boa Nova do Evangelho e a figura de S. João, queremos iniciar aqui o “próximo episódio”! Um episódio em que os jovens são protagonistas, pedras vivas, Igreja, discípulos missionários em saída, com voz e lugar nas comunidades, assumindo responsabilidades e comprometendo-se. No fundo, jovens que se partilham, que partilham os seus dons e partilham Cristo.

E o convite que vos dirigimos é mesmo este: que se façam presentes (mais do que dizerem apenas “presentes”) nas dinâmicas das visitas pastorais às vossas paróquias. Que nos façam sugestões, que nos interpelem, que PARTILHEM.

Temos já marcados ao longo deste ano pastoral momentos de encontro para todos os jovens da diocese:

25 de Novembro – Encontro com Crismados do ano pastoral 2017/2018, no Santuário do Cristo-Rei (mais informações em breve);

2 de Fevereiro – Conclusão das visitas à vigararia de Palmela – com a final do Festival Diocesano da Canção Mensagem;

15 de Março – Via Sacra Jovem;

14 de Abril – Conclusão das visitas à vigararia de Caparica;

02 de Junho – Conclusão das visitas à vigararia de Almada;

[Os momentos de conclusão das visitas em cada uma das vigararias serão uma oportunidade de encontro e formação para todos os jovens da Diocese]

E sabes, sempre, onde nos podes encontrar: Email – geral@juventude.diocese-setubal.pt;  Site – http://juventude.diocese-setubal.pt/; e nas redes sociais – www.facebook.com/JuventudeSetubal/ e  /www.instagram.com/juventude.setubal/

Seguimos juntos, sempre, em Cristo

Inês Costa Baptista
Coordenadora do Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal

Festival Diocesano Jovem da Canção Mensagem 2019 (pré-inscrições)

O Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal tem a decorrer o período de pré-inscrição para o Festival Diocesano da Canção 2019 que vai acontecer no dia 2 de fevereiro.

Promover a participação dos grupos de jovens apelando à criatividade de novas letras e músicas para viver a Fé Católica e promover a canção mensagem como forma de linguagem musical e evangelizadora são os dois principais objetivos do festival.

Todos os grupos e bandas jovens da diocese interessados em concorrer podem fazer a sua pré-inscrição para o festival que vai acontecer no dia 2 de fevereiro de 2019, no final da visita à Vigararia de Palmela.

Setúbal_festival diocesano da canção_2018-2019

Link para o formulário – https://goo.gl/vEZakg

Informações práticas: Todos os autores, compositores e intérpretes devem pertencer à Diocese de Setúbal, ter entre os 15 e os 35 anos de idades; cada grupo pode ter no máximo sete elementos; «Partilha-te em missão» é o tema que deve guiar as letras das canções que com a música têm de inéditas.

O Festival Diocesano da Canção 2019 vai ser também uma oportunidade de encontro e partilha entre os grupos participantes e todos os jovens que vão apoiar.

O Departamento da Juventude vai escolher um júri para eleger o melhor grupo/banda que depois vai representar a Diocese de Setúbal no Festival Nacional Jovem Canção Mensagem, dia 4 de maio de 2019, em Fátima. Este evento que se realiza de dois em dois anos, e congrega a juventude de várias dioceses católicas portuguesas, está inserido no Fátima Jovem, o encontro nacional no Santuário de Fátima, no primeiro fim de semana de maio.

Setúbal_festival diocesano da canção_2018-2019

«Esta Igreja tem confiança em vocês» – D. José Ornelas aos jovens da Paróquia de Sesimbra

O bispo de Setúbal e a equipa coordenadora do Departamento diocesano da Juventude começaram hoje na Paróquia de Sesimbra as visitas pastorais dedicadas à juventude.

“Esta Igreja conta com vocês e tem confiança em vocês. Cada vez mais tem de ser obra vossa”, afirmou D. José Ornelas no primeiro contacto com os jovens católicos sesimbrenses.

D. José Ornelas na Paróquia de Sesimbra (novembro 2018)

D. José Ornelas na Paróquia de Sesimbra (novembro 2018)

Esta noite, na igreja paroquial de Sesimbra, o bispo diocesano explicou aos jovens que sem ele “não se pode fazer uma comunidade, um futuro”, e isso “é evidente aos olhos de todos”.

D. José Ornelas destacou as diversas “capacidades” da juventude, a sua “energia”, e o “inconformismo com aquilo que não está certo nas famílias, na Igreja, na sociedade”.

Depois de apresentar os elementos presentes do Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal explicou que a equipa também tem um sacerdote, que é o assistente religioso, e realçou que “o padre não perde o seu lugar quando os jovens e os leigos estão lá” mas “ajuda a pensar e a refletir, a discernir, a tomar decisões”.

“Temos de ser uma Igreja com confiança, que estimula, que acolhe”, salientou.

A oração foi o motor principal do encontro inicial com a comunidade paroquial de Sesimbra e a partir das leituras bíblicas, o bispo diocesano referiu que “a Palavra de Deus e a fé é sempre dinâmica”.

“É muito importante entendermos esta dinâmica da vida e deixá-la moldar pela Palavra de Deus”, acrescentou D. José Ornelas dando como exemplo a vida de Abraão, “o pai na fé” das três grandes religiões.

 

Inês e bispo D. José_Sesimbra

A coordenadora do Departamento da Juventude também falou com a comunidade presente e começou por agradecer a disponibilidade “de coração e tempo” para a visita.

“A nossa presença não é para vir ensinar, é para partilhar tudo. O que temos vindo a pensar nestes últimos meses de preparação destas visitas, e da vossa experiência e vivência local”, explicou Inês Costa Batista.

A visita paroquial a Sesimbra termina no próximo sábado, 10 de novembro, e a coordenadora disse que o programa desta semana ia propor vários momentos para que “os jovens possam experimentar e sentir-se incentivados” a “tomarem responsabilidade, serem protagonistas, fazerem-se ouvir e serem ouvidos”.

“Momentos mais dedicados aos jovens mas a comunidade está convidada a estar presente como numa família todos somos convidados a fazer parte de todos os momentos com papéis diferentes”, desenvolveu.

Inês Costa Batista salientou também que “a presença e disponibilidade” da equipa coordenadora do Departamento da Juventude é para “estar com todos” que fazem parte da comunidade de Sesimbra: “Partilhem connosco as vossas dificuldades e alegrias. Vamos estar disponíveis para o que acharem necessário. Não tenham receio de nos abordar com qualquer questão, sugestão.”

Dias 07 e 08 de novembro, às 21h00, respetivamente, do programa consta uma Vigília de Adoração e workshops temáticos, e no sábado encontros com escuteiros, catequese, acólitos, o Conselho Paroquial de Jovens e a Eucaristia.

Bispo vai ao encontro dos jovens e dedica visitas pastorais à juventude

O bispo de Setúbal começa hoje as visitas pastorais dedicadas à juventude na Paróquia de Sesimbra. Um caminho que vai ser vivido ao longo dos próximos dois anos por todas paróquias da diocese.

“Este mundo onde nós vivemos é um mundo que não é perfeito e, por isso, vocês, a Igreja, têm de estar lá para mudar este mundo para melhor”, disse D. José Ornelas aos jovens de Setúbal, pedindo que sejam “protagonistas”.

D. José Ornelas no «Jubileu da Juventude 2016»

D. José Ornelas no «Jubileu da Juventude 2016»

No vídeo publicado hoje o bispo sadino explica que a comunidade paroquial é onde cada um vive: “Onde partilhamos cada dia o Evangelho, onde nos esforçamos para mudar as coisas e a partir desta paróquia é que vamos mudar a Igreja e mudar o mundo”.

«Partilha-te [em novos caminhos]» é o tema que vai mobilizar a diocese durante os próximos dois.

“Viver o Evangelho significa criar uma comunidade, fazer parte dela, partilhar o Evangelho que se vive com essa comunidade e a partir da comunidade partilhar o Evangelho com os de fora”, realça o bispo diocesano, que escreveu a Nota Pastoral «Jovens: pedras vivas na construção da Igreja».

Setúbal_juventude_biénio_Partilha-Te

A primeira visita começa hoje na Paróquia de Sesimbra e termina no próximo sábado, dia 10 de novembro.

Durante o atual ano pastoral 2018/2019, D. José Ornelas vai visitar as vigararias de Palmela-Sesimbra, Caparica e Almada.

O novo Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal vai acompanhar o seu bispo e do programa destacam-se encontros entre D. José Ornelas com os grupos e movimentos juvenis das paróquias, vigílias de oração, workshops e formações, Eucaristia, envio e compromisso,

Do programa fazem parte também visitas com as forças vivas das comunidades onde estão inseridas as paróquias católicas e encontros com jovens nas escolas, associações e coletividades bem como os responsáveis políticos, entre outros.

Programa da visita à Paróquia de Sesimbra, entre hoje e sábado, dia 10 de novembro:

05 de novembro:
12h00 - Encontro com a Presidente da Assembleia Municipal de Sesimbra para conhecer as atividades do município para a juventude, especialmente as assembleias anuais de jovens;

21h00 - Encontro inicial com a comunidade paroquial;

07 de novembro:
12h00 - Visita à Santa Casa da Misericórdia de Sesimbra para encontro com os jovens do centro de Atividades de Tempos Livres;

21h00 – Vigília de adoração dos jovens e da comunidade, na Igreja Matriz;

08 de novembro
21h00 - Workshops dinamizados pelo Departamento da Juventude;

09 de novembro
22h00 - Encontro com os jovens da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Sesimbra;

23h00 – Encontro com os jovens da Banda da Sociedade Musical Sesimbrense.

10 de novembro:
10h00 – Encontro com o Agrupamento de Escuteiros 325 Sesimbra;

11h00 – Encontro com os jovens da catequese paroquial e com os acólitos;

16h00 - Conselho Paroquial de Jovens;

18h00 - Eucaristia

Set+ubal_Visitas-Pastorais-Bispo

Departamento da Juventude no Instagram

O Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal criou hoje um perfil na rede social Instagram para partilhar com os jovens fotografia e pequenos vídeos.

juventude.setubal é a presença do Departamento da Juventude no Instagram, uma conta criada para estar ainda mais próximo dos jovens através da fotografia e do vídeo no biénio diocesano da juventude onde a marca vai ser a proximidade, em visitas a todas as paróquias, e na partilha.

A criação deste perfil foi a oportunidade de apresentar a nova imagem da pastoral da juventude sadina a pensar nos próximos dois anos (2018-2020), juntamente com o novo lema «Partilha-te, em novos caminhos».

Setubal_Juventude_Instagram_1

(Carregar na imagem para aceder ao Instagram)

O Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal está também nas redes sociais Facebook e Twitter.

No episcopado português, por exemplo, o cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, criou uma conta no Instagram – antonio.a.marto – a 3 de outubro, no contexto do Sínodo dos Bispos dedicado ao tema «os jovens, a fé e o discernimento vocacional».

O Papa Francisco também tem um perfil na rede social vocacionada para a partilha de fotografias e vídeos – Franciscus – com mais de cinco milhões de seguidores. A conta foi criada a 19 de março de 2016, Dia do Pai, festa litúrgica de São José.

Primeira foto da conta @franciscus no Instagram, 19 março 2016

Primeira foto da conta @franciscus no Instagram, 19 março 2016

«As redes sociais são capazes de favorecer as relações e promover o bem da sociedade, mas podem também levar a uma maior polarização e divisão entre as pessoas e os grupos. O ambiente digital é uma praça, um lugar de encontro, onde é possível acariciar ou ferir, realizar uma discussão proveitosa ou um linchamento moral. […] O acesso às redes digitais implica uma responsabilidade pelo outro, que não vemos mas é real, tem a sua dignidade que deve ser respeitada. A rede pode ser bem utilizada para fazer crescer uma sociedade sadia e aberta à partilha.»
Papa Francisco na mensagem «Comunicação e Misericórdia: um encontro fecundo» para o para o 50.º Dia Mundial das Comunicações Sociais, 8 de maio de 2016.

«A comunicação concorre para dar forma à vocação missionária de toda a Igreja, e as redes sociais são, hoje, um dos lugares onde viver esta vocação de redescobrir a beleza da fé, a beleza do encontro com Cristo. Inclusive no contexto da comunicação, é precisa uma Igreja que consiga levar calor, inflamar o coração.»
Papa Francisco, 48.º Dia Mundial das Comunicações Sociais – «Comunicação ao serviço de uma autêntica cultura do encontro» – 1 de junho de 2014

«Redes sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização»
Papa Bento XVI

Primeiro tweet do Papa Bento XVI, na conta @Pontifex, 12 de dezembro de 2012

Primeiro tweet do Papa Bento XVI, na conta @Pontifex, 12 de dezembro de 2012

«O desenvolvimento das redes sociais requer dedicação: as pessoas envolvem-se nelas para construir relações e encontrar amizade, buscar respostas para as suas questões, divertir-se, mas também para ser estimuladas intelectualmente e partilhar competências e conhecimentos. Assim as redes sociais tornam-se cada vez mais parte do próprio tecido da sociedade enquanto unem as pessoas na base destas necessidades fundamentais. Por isso, as redes sociais são alimentadas por aspirações radicadas no coração do homem.

A cultura das redes sociais e as mudanças nas formas e estilos da comunicação colocam sérios desafios àqueles que querem falar de verdades e valores. […]

A aparição nas redes sociais do diálogo acerca da fé e do acreditar confirma a importância e a relevância da religião no debate público e social. […]

As redes sociais, para além de instrumento de evangelização, podem ser um factor de desenvolvimento humano. Por exemplo, em alguns contextos geográficos e culturais onde os cristãos se sentem isolados, as redes sociais podem reforçar o sentido da sua unidade efectiva com a comunidade universal dos fiéis. As redes facilitam a partilha dos recursos espirituais e litúrgicos, tornando as pessoas capazes de rezar com um revigorado sentido de proximidade àqueles que professam a sua fé. […] No ambiente digital, existem redes sociais que oferecem ao homem actual oportunidades de oração, meditação ou partilha da Palavra de Deus. Mas estas redes podem também abrir as portas a outras dimensões da fé.

Papa (emérito) Bento XVI, 47.º Dia Mundial das Comunicações Sociais, 12 de Maio de 2013

Partilha-Te [em novos caminhos] – Biénio da Juventude na Diocese de Setúbal

A Diocese de Setúbal vai dedicar os próximos dois aos jovens, entre 2018 e 2020.

“Despertar os jovens que creem na Igreja, que creem em Cristo para a sua responsabilidade e alegria de viver e anunciar o Evangelho.
É também um apelo a todas as comunidades para que encontrem nos jovens um motivo de esperança e lhes deem lugar”, disse D. José Ornelas, que começa por contextualizar que a Igreja Católica em Setúbal está em sintonia com a Igreja universal e a reflexão sobre os jovens.

O bispo diocesano vai percorrer todas as paróquias para conhecer a juventude que está integrada na vida e na dinâmica da Igreja e quem não faz parte para estabelecer contactos, laços de relacionamento e continuar a lançar pontes.

«Partilha-te, em novos caminhos» é o lema mobilizador e catalisador para o próximo biénio que começa já neste ano pastoral e neste mês de novembro, com a visita às primeiras paróquias.

Procura, identifica-te, partilha!
Partilha-te aos outros…
Partilha-te a Deus…
Partilha-te!
É tempo de Novos Caminhos na Igreja, onde os Jovens são chamados a ser Pedras Vivas, protagonistas com voz ativa e responsável.
Começa agora um Biénio dedicado à Juventude na nossa Diocese.
Depois de nos termos feito ouvir no ano passado, tem início o próximo episódio: Partilha-te!

Setúbal_juventude_biénio_Partilha-Te

 

D. José Ornelas quando instituiu/criou o Departamento da Juventude da Diocese de Setúbal, dando posse à nova equipa que tem uma leiga como coordenadora, também publicou a Nota Pastoral «Jovens: Pedras vivas na construção da Igreja».