Arquivo | Notícias

Os artigos deste assunto também estão disponíveis através de feed RSS.

«24 Horas para o Senhor», um caminho para a Páscoa

O Papa Francisco convocou a iniciativa de preparação para a Páscoa «24 Horas para o Senhor» para esta sexta-feira e sábado, dias 9 e 10 de março. O pontífice pediu que as igrejas estejam abertas com momentos de oração e confissão.

“Desejo que as nossas igrejas possam permanecer abertas durante um longo período, para acolher os que querem preparar-se para a Santa Páscoa, celebrando o sacramento da Reconciliação, e experimentar deste modo a misericórdia de Deus”, disse o Papa esta quarta-feira, no final da audiência pública semanal no Vaticano.

Francisco vai presidir à celebração penitencial de abertura desta iniciativa às 17h00 (menos uma hora em Lisboa), na Basílica de São Pedro.

Foto: Instagram Franciscus

Foto: Instagram Franciscus

«Em Ti se encontra o perdão», do Salmo 130, é o lema das «24 Horas para o Senhor» 2018, que são marcadas por momentos de oração, confissão e adoração ao Santíssimo Sacramento, anúncio do Evangelho e vigílias.

Há cinco anos que a iniciativa é coordenada pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização, da Santa Sé, que preparou um subsídio pastoral em 6 línguas, inclusive o português.

Subsídio 24 horas para o Senhor (Português)

“O objetivo é oferecer a todos, especialmente àqueles que ainda sentem desconforto com a ideia de entrar numa igreja, de procurar o abraço misericordioso de Deus, uma oportunidade fora dos tempos e modos habituais para regressar ao Pai”, explicou ainda o presidente do conselho, o arcebispo D. Rino Fisichella.

Já na mensagem para a Quaresma de 2018, o Papa Francisco incentivou que “em cada diocese, pelo menos uma igreja ficará aberta durante 24 horas consecutivas, oferecendo a possibilidade de adoração e da confissão sacramental”.

Na nossa Diocese de Setúbal, ao longo da Quaresma, existem vários dias, horas e sacerdotes para ouvir os fiéis em confissão nas paróquias nas sete vigararias. (Informação site da diocese)

Estudantes do Externato Frei Luís de Sousa vão “Fazer-se ouvir”

sinodo dos jovens

Os alunos do 9.º ano ao 12.º ano do Externato Frei Luís de Sousa (EFLS), em Almada, vão responder ao questionário online de preparação para o próximo Sínodo dos Bispos proposto pela Pastoral da Juventude de Setúbal, durante a próxima semana.

«Jovem Frei, Faz-te ouvir» é o nome da campanha que vai decorrer durante as aulas da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica – EMRC – de 26 de fevereiro a 2 de março, informou o externato católico num comunicado enviado à Pastoral da Juventude de Setúbal.

Os estudantes do 9.º ano ao 12.º ano do Externato Frei Luís de Sousa vão assim responder ao questionário online da diocese e participar “ativamente com as suas opiniões” na preparação do Sínodo dos Bispos sobre «Os jovens, a fé e o discernimento vocacional» que vai realizar-se entre 3 e 38 de outubro e foi convocado pelo Papa Francisco.

O EFLS da Diocese de Setúbal, no centro de Almada, é um estabelecimento de ensino, desde o berçário até ao 12º ano de escolaridade, da diocese de Setúbal, que está a celebrar 62 anos.

Faz-te Ouvir!

O Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude de Setúbal publicou a 1 de fevereiro um questionário para todos os jovens entre 14 a 35 anos que vivem no distrito, “estejam, ou não, ligados à Igreja”.

O «Faz-te ouvir!» é uma proposta de encontro para reflexão, partilha e oração da Igreja Católica “em caminho com os jovens”. Os animadores e os jovens têm também esquemas para dinamizarem encontros e momentos de oração.

Todos os jovens são desafiados a partilhar fotografias de grupo e a partilhar as reflexões e ideias que surgiram nestes encontro no grupo no Facebook «Faz-te ouvir!» e usar a hashtag #FazteOuvir.

Já no próximo mês de março o Papa Francisco vai abrir os trabalhos de uma inédita reunião pré-sinodal com jovens de todo o mundo, crentes e não-crentes que vai reunir cerca de 300 participantes, entre 19 e 24 de março, no Vaticano.