Caminhos de Santidade

A Pastoral da Juventude de Setúbal realizou, no passado fim-de-semana, 24 e 25 de maio, a Peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel. Uma atividade já com alguns anos de tradição na diocese e que este ano foi subordinada ao tema «Caminhos de Santidade», ainda no rescaldo da canonização de São João Paulo II, o Papa dos jovens.

De Azeitão ao santuário mariano do Cabo Espichel, pelos trilhos da Serra da Arrábida, em dois dias. Um caminho físico e espiritual: «Caminhos de Santidade». Foi esta a proposta que a Pastoral da Juventude de Setúbal apresentou e que proporcionou um momento de comunhão entre os jovens das várias paróquias da diocese. «Foi o Senhor quem nos congregou e enviou. Foi por Ele, com Ele e para Ele que caminhámos», disse-nos o diretor do secretariado, Padre João Nabais Dias.

Esclareceu ainda o sacerdote, que a peregrinação tinha como objetivo «despertar os peregrinos para esta vocação radical e universal do cristão, dando a conhecer a vida de alguns santos, de um modo mais acentuado do recém-canonizado São João Paulo II, assim como de testemunhos de pessoas que procuram percorrer, nas suas vidas, a radicalidade dos caminhos de santidade». Por este mesmo motivo, o caminho da peregrinação foi feito com a cruz que João Paulo II ofereceu aos Jovens Europeus nas primeiras Jornadas Mundiais da Juventude fora de Roma, em 1987, na Argentina. Esta cruz encontra-se em Portugal e estará em peregrinação pelo país até às Jornadas Mundiais da Juventude de 2016, na Polónia.

Com cerca de trinta participantes, e apesar de ser um número menor em relação a anos anteriores, o Padre João Dias sublinhou o facto de a maioria dos jovens ser estreante nesta atividade. «Foi interessante o desafio em caminhar com estes jovens que ao longo da peregrinação foram manifestando o desejo de encontrar formas e modelos para fazerem o seu próprio caminho ao encontro de Cristo», afirmou o diretor.

Ser santo: «Aceitei o desafio»

Andraws Santos, jovem de 19 anos de idade, da Paróquia de Fernão Ferro, contou ao Notícias de Setúbal como viveu esta peregrinação. «Neste caminho foram apresentadas várias propostas de encontro com Deus e fomos desafiados a entregarmo-nos a Ele. Pessoalmente, fez-me muito bem. Senti uma grande paz interior ao caminhar pelos montes, apreciando a paisagem e, ao mesmo tempo, estar em diálogo com Deus».

E acrescentou: «Esta peregrinação fez-me refletir sobre um tema que achava ser para os outros: a santidade. A santidade para mim era uma meta quase impossível. Estava enganado. Deus deu-me umas valentes tareias psicológicas que me fizeram abrir os olhos. Se os outros conseguiram ser santos, porque não hei-de eu conseguir? Aceitei o desafio d’Ele e comecei o caminho de santidade nesta peregrinação».

Ana Silva, de 21 anos, e Tiago Oliveira, de 23 anos, da comunidade de Penalva, Paróquia de Palhais, são um casal de namorados que também viveu esta peregrinação ao Cabo Espichel. Confessaram-nos que, para eles, foram dois dias marcantes: «Como casal foi emocionante viver esta peregrinação que tanto nos apelou para sermos santos e que nos deu testemunhos de como é possível fazê-lo, mesmo sendo jovens normais, com o dia-a-dia sempre preenchido, e com ‘tão pouco tempo’ para nos dedicarmos ao que realmente importa: Jesus. No fim desta caminhada, chegamos com a certeza que o nosso objetivo é sermos. Santos, santos para com os outros e santos no namoro».

No final da peregrinação, o diretor do secretariado diocesano da Pastoral da Juventude, Padre João Dias, manifestou a gratidão do secretariado aos diversos agentes pastorais que tornaram possível a peregrinação: «Louvamos o Senhor pelos catequistas, padres, responsáveis de grupos de jovens e chefes de escuteiros que fizeram o esforço de incentivar os jovens a participar. Foi gratificante sentir a comunhão e a partilha das várias pessoas, instituições paroquiais e do santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, que em muito contribuíram para proporcionar uma verdadeira peregrinação física e espiritual aos jovens».

In Notícias de Setúbal, 30 de Maio de 2014.