Tag Archives: D.Gilberto

Vigília de Oração para celebrar o Jubileu Episcopal do nosso Bispo D. Gilberto

Para celebrar o Jubileu Episcopal do nosso Bispo D. Gilberto, os jovens da vigararia de Almada irão realizar uma Vigília de Oração pelas Vocações que terá início às 22h00 do dia 8 de Fevereiro (Sábado) e terminará na Eucaristia das 11h30 do dia 9 de Fevereiro.

Organizado pelos jovens da vigararia de Almada e com a participação de diversos grupos paroquias, esta vigília é aberta a toda a comunidade e será uma ótima forma de rezarmos pelas vocações ao mesmo tempo que podemos acompanhar as diversas horas de vigília sempre com um grupo diferente.

Local

Igreja de Nossa Senhora de Fátima – Cova da Piedade

 

Grupos animadores

Horas  Grupos 
22h-23h  Assegurado pelo programa oficial
23h-24h 
24h-01h  10º Catecismo da Paróquia do Pragal
01h-02h  Grupo de Jovens da Paróquia do Feijó
02h-03h  Escuteiros do agrupamento de Cacilhas
03h-04h  Escuteiros do agrupamento de Almada
04h-05h  Escuteiros do agrupamento da Cova da Piedade
05h-06h  Jovens A Caminho…
06h-07h  Grupo de jovens T.A.U.
07h-08h  Renovamento Carismático da Cova da Piedade
08h-09h  Convívios Fraternos
09h-10h  Catequese da Paróquia da Cova da Piedade
10h-11h 

Mensagem do D.Gilberto, Bispo de Setúbal aos Jovens (Novembro 2013)

D. Gilberto Reis, Bispo da diocese de Setúbal

D. Gilberto Reis, Bispo da diocese de Setúbal

Caros jovens,

Ainda está na nossa memória o Encontro Mundial da Juventude no Rio de Janeiro em que os jovens católicos de todo o mundo nos deram um belo testemunho de amor a Jesus -  o Crucificado Ressuscitado – e de amor ao Papa que preside à caridade de todas as Igrejas .

Vós, caros jovens de Setúbal, acompanhastes com entusiasmo e verdade o Encontro de vários modos e especialmente na noite de vigília na Costa da Caparica em que também participei.  Assim também vivestes, de modo sensível, a graça do encontro do Rio e ouvistes o apelo a anunciar a Boa Nova de Jesus, salvador do homem todo e de todos os homens e mulheres.

Jesus olha-vos com estima e com esperança, chama a cada um de vós pelo nome, sabe dos vossos sonhos, receios e lutas interiores e diz a cada um de vós: vinde a Mim, vinde ver e  depois podereis escolher, se quereis caminhar comigo ou não .

Vinde a Jesus, também eu vos digo, caros jovens. Vinde passar um ano – este ano -  com Jesus. Gostais de experiências, vereis que vale a pena estar com Jesus, mas estar mesmo a sério, isto é, entrando no coração dEle com verdade e com profundidade: a profundidade do amor divino que se revela no estilo de vida proclamado nas bem-aventuranças. Estou certo de que ides gostar de descobrir e contemplar o rosto brilhante de glória e cativante de Jesus: o Seu estilo único de estimar e cuidar as pessoas, a Sua intimidade com o Pai Celeste, a esperança e a serenidade interior e a coragem que transmite aos seu amigos.

Vinde e vede.

Estou certo de que ficareis mais fortes na fé e mais capazes da grande decisão de seguir o Senhor Jesus na missão de retirar da miséria uma multidão sem fim de pobres de pão, de trabalho, de saúde, de esperança, de alegria … de amizade. Vinde e convidai mais alguém.

Antes de vós, muitos jovens, cheios de grandes sonhos, ‘passaram um dia com Jesus’ e ficaram de tal modo felizes que decidiram segui-LO e o seu nome está vivo no coração  da Igreja e do mundo. Lembro o jovem Francisco de Assis, o jovem Francisco Xavier, o jovem Voytila prestes a ser canonizado como João Paulo II, o jovem Frederico Ozanam e um número interminável de jovens! E vós, porque não? E, de forma ainda mais directa, e tu amigo, porque não?

Caros jovens, tendes sede do infinito e Jesus é o Amor eterno que mata todas as sedes.

Porque esperais? Se ficais à espera, ficareis mais longe da Vida e permitireis que outros também fiquem mais longe da Vida.

Vinde à Igreja onde Cristo vos espera para ir pelo mundo de forma radical e eu sei que também gostais de ser radicais e de ser diferentes.

Vinde à Igreja onde Cristo vos espera para saciar a vossa sede de felicidade profunda e duradoura. Vinde, pois há outras pessoas em sofrimento e que precisam de vós: da vossa juventude, da vossa alegria, do vosso entusiasmo e da vossa generosidade para encontrarem a Vida.

Vinde, a Igreja precisa de vós e vós precisais da Igreja.

Confio em vós e vou fazer-vos  um pedido. Posso ? Rezai por mim e comigo para que mais jovens abram o seu coração a Cristo. Contai com a minha oração e a minha bênção.

17/11/2013

+Gilberto,Bispo de Setúbal