Crisma «não é um goodbye» – Bispo de Setúbal

O bispo de Setúbal disse hoje que o Sacramento da Confirmação “não é um goodbye” na Missa que presidiu na Paróquia de Palmela onde crismou 12 jovens.

“Para muitos jovens a celebração do Crisma significa quase uma espécie de receber o diploma da fé e dizer a adeus. Acabou a catequese, acabou as coisas. Não é para isso, isto não é goodbye mas um startup”, afirmou D. José Ornelas.

D. José Ornelas_Palmela (1)

Neste domingo, primeiro de Advento, começou uma nova etapa “de responsabilidade, de trabalho”, para os 12 jovens que foram crismados para colaborarem “na construção de um mundo mais justo, mais fraterno”.

A partir das leituras deste domingo, reforçou que o Crisma é um começar “no sentido que a Palavra de Deus diz”: “É preciso mudar a nossa vida, este mundo, vocês estão a crescer, não estão a dizer adeus, estão a começar a lançar-se na vida.”

O bispo diocesano observou que os problemas que afetam o mundo e a sociedade, como as guerras e os refugiados, são de todos: “Vocês recebem o Espírito da misericórdia, recebem o Espírito da solidariedade, recebem o Espírito da fé e da esperança, e portanto, estes problemas são nossos.”

“Queremos e precisamos de vocês, para mudar este mundo. Deus precisa de nós todos”

“Aceitem o espírito criativo, um espírito que é capaz de transformar-vos para que transformem a vossa realidade e o mundo. Passa por uma atitude de perceber que a Palavra de Deus, o espírito significa ligação com o pai do céu que nunca vos deixará cair e dará força, energia e esperança. Quer que sejam pessoas felizes e partilhem felicidade”, desenvolveu.

“Deus põe diante a possibilidade de uma vida melhor”

D. José Ornelas afirmou que esta semana teve como objetivo que os “jovens tenham papel na Igreja, nas suas comunidades e as comunidades se abram ao dinamismo”.

“Não é moda; Até agora foram cuidados, acarinhados, promovidos pela comunidade agora, cada vez mais, esse papel passa por vocês aqui na igreja, na vossa família, na sociedade, na escola, onde quer que se vá. As boas novas de Deus são para construir a nossa humanidade.”

A visita à Paróquia de Palmela realizou-se entre 26 de novembro e hoje, 2 de dezembro, e o bispo de Setúbal visitou escolas, esteve em associações, clubes desportivos e com os escoteiros.

Num biénio dedicado a todos os jovens da Diocese de Setúbal, durante o atual ano pastoral 2018/2019 D. José Ornelas visita as Vigararias de Palmela-Sesimbra, da Caparica e de Almada.