Setúbal caminha em Igreja para o Sínodo do Bispos 2018 – Mensagem do diretor

No domingo passado, a Pastoral da Juventude de Setúbal concluiu os encontros de reflexão e formação sobre o Documento Preparatório do Sínodo dos Bispos dedicado aos Jovens.

Nestes encontros [entre 14 e 28 de janeiro] estiveram os responsáveis de secretariados, grupos e movimentos juvenis da nossa Diocese, bem como os representantes dos institutos de vida consagrada e instituições sociais católicas que apoiam jovens em situação de risco.

Esta foi a ocasião para apresentar as quatro grandes conclusões saídas da auscultação diocesana realizada em maio e junho do ano transato, e uma oportunidade para nos irmos sensibilizando e consciencializando da importância de estarmos atentos e integrados neste processo sinodal.

As grandes conclusões: “Os jovens pedem à Igreja testemunho e coerência de vida; acolhimento e acompanhamento; espaço para serem ouvidos, para protagonizarem mudança”.

Das reuniões em 2017 saiu também o “sentimento de que existe pouco empenho e acompanhamento por parte dos sacerdotes”; a “enorme necessidade de acompanhamento para o discernimento vocacional” e que para lá do ambiente da Igreja/paróquia os jovens encontram-se no desporto, nos lugares de lazer/convívio, movimentos associativos, juventudes partidárias.

Por tudo isto, não poderíamos ter outro sentimento que não o de ação de graças por todos estes com quem iniciámos este caminho.

Em primeiro lugar, os formadores convidados que na sua generosidade vieram dar uma palavra de ânimo e entusiasmo para este processo sinodal à luz das linhas orientadoras do Documento Preparatório para o Sínodo dos Bispos 2018 sobre «Os jovens, a fé e o discernimento vocacional». – Padre Álvaro Lago, Salesianos; padre Ricardo Conceição, Diocese de Santarém; irmã Ana Paula Conceição, Franciscana de Nossa Senhora; padre Miguel Ribeiro, Missionários Espiritanos, e o padre Carlos Alberto Nunes, dos Combonianos.

conferencistas 2018

Depois, a todos os responsáveis, alguns com quem já iniciámos esta reflexão desde o ano pastoral passado.

A todos um bem-haja. Contamos convosco para que este tempo seja frutuoso para os nossos jovens, na senda de lhes dar a conhecer Aquele que dá sentido às nossas vidas.

pe. JoãoA Diocese conta convosco para trilharmos caminho juntos no anúncio da Boa Nova.

Diretor da Pastoral da Juventude de Setúbal,
Padre João Nabais Dias