Exortação do Papa Francisco incentiva jovens ao «discernimento»

O Papa Francisco publicou hoje uma exortação apostólica dedicada à “santidade no mundo contemporâneo”. Em «Gaudete et Exsultate» (Alegrai-vos e Exultai) os jovens são convidados à “sapiência do discernimento”.

«167. Hoje em dia, tornou-se particularmente necessária a capacidade de discernimento, porque a vida atual oferece enormes possibilidades de ação e distração, sendo-nos apresentadas pelo mundo como se fossem todas válidas e boas.

Todos, mas especialmente os jovens, estão sujeitos a um zapping constante. É possível navegar simultaneamente em dois ou três visores e interagir ao mesmo tempo em diferentes cenários virtuais. Sem a sapiência do discernimento, podemos facilmente transformar-nos em marionetes à mercê das tendências da ocasião», escreveu o Papa.

«Gaudete et Exsultate» (Alegrai-vos e exultai) tem 177 parágrafos em cinco capítulos, por 44 páginas e é a terceira exortação apostólica do atual pontificado. O documento termina com uma referência à Virgem Maria.

“Não se deve esperar aqui um tratado sobre a santidade, com muitas definições e distinções que poderiam enriquecer este tema importante ou com análises que se poderiam fazer acerca dos meios de santificação. O meu objetivo é humilde: fazer ressoar mais uma vez a chamada à santidade, procurando encarná-la no contexto atual”, explica.

Papa Francisco no túmulo de Jacinta, em Fátima Foto: Lusa via Agência Ecclesia

Papa Francisco no túmulo de Jacinta, em Fátima
Foto: Lusa via Agência Ecclesia

A Agência Ecclesia contabiliza que o Papa argentino, desde março de 2013, já canonizou 880 novos santos, onde se contam santos portugueses: Os pastorinhos Francisco e Jacinta Marto e os sacerdotes José Vaz e Ambrósio Ferro.

Em setembro de 2016, por exemplo, apresentou como “modelo de santidade” para o mundo atual Madre Teresa de Calcutá (1910-1997).

“A força do testemunho dos santos consiste em viver as Bem-aventuranças e a regra de comportamento do Juízo Final. São poucas palavras, simples, mas práticas e válidas para todos, porque o cristianismo está feito principalmente para ser praticado e, se é também objeto de reflexão, isso só tem valor quando nos ajuda a viver o Evangelho na vida diária”, escreveu Papa Francisco na nova exortação apostólica.

As Bem-aventuranças da Santidade
Ser pobre no coração: isto é santidade.
Reagir com humilde mansidão: isto é santidade.
Saber chorar com os outros: isto é santidade.
Buscar a justiça com fome e sede: isto é santidade.
Olhar e agir com misericórdia: isto é santidade.
Manter o coração limpo de tudo o que mancha o amor: isto é santidade.
Semear a paz ao nosso redor: isto é santidade.
Abraçar diariamente o caminho do Evangelho mesmo que nos acarrete problemas: isto é santidade.
Papa Francisco, «Gaudete et Exsultate»

Os principais documentos do pontificado de Francisco são: Encíclicas «Laudato si», sobre as questões ecológicas, e a «Lumen Fidei» – A luz da Fé, com reflexões do Papa emérito Bento XVI; e as outras duas exortações apostólicas «Evangelii Gaudium» – A alegria do Evangelho, e «Amoris Laetitia» – A alegria do amor.

Exortação apostólica do Papa Francisco «Gaudete et Exsultate» – Alegrai-vos e Exultai