Hino Jornada Mundial da Juventude 2019 (em português)

O Departamento Nacional da Pastoral da Juventude (DNPJ) enviou aos secretariados diocesanos da juventude uma versão do hino da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2019 em Português.

O DNPJ informa que contou com a colaboração de Vera Fernandes na tradução da letra do espanhol para português e da Academia de Música de Coimbra no arranjo musical.

 

«EIS A SERVA DO SENHOR, FAÇA-SE EM MIM SEGUNDO A TUA PALAVRA». (Lc 1, 38)
(Hino JMJ2019 Panamá) Abdiel Jiménez
(tradução PT: Vera Lúcia M. Fernandes | Sandiães – Ponte de Lima, dezembro 2017)

Somos peregrinos que vimos hoje aqui
De todos os continentes e cidades
Queremos ser missionários do Senhor
Levar a Sua Palavra e a Sua mensagem

Ser como Maria, a que um dia disse “Sim”
Perante o chamamento ao Teu projeto
O céu se alegra e canta de alegria
Toda a terra louva os Teus prodígios

||: Eis aqui a Serva do Senhor
Faça-se em mim segundo a Tua Palavra :||

Tua Serva, Eu sou
Tua filha, Eu sou
Teu Filho, Eu sou.

Ser como Maria, disponíveis para sair.
Igreja peregrina com amor.
Jovens, testemunhas e discípulos,
Com alegria, fé e vocação. [Refrão]

Não tenham medo, não. | Não tenham medo,
de levar o amor de Deus.
Comprometidos, sim, como Maria
que soube ser a Serva do Senhor.
[Refrão]

Letra hino JMJ Panamá 2019 (português)  Partitura hino JMJ 2019

A versão oficial do hino da JMJ foi escolhida pelo Comité Executivo da JMJ e o Dicastério para os Leigos, Família e Vida da Santa Sé. A música foi escrita e composta por Abdiel Jiménez, um catequista e salmista da Paróquia de Cristo Ressuscitado em San Miguelito.

JMJ-2019O maior encontro mundial de jovens com o Papa vai realizar-se de 22 a 27 de janeiro de 2019, com o tema «Eis aqui a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra».

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa São João Paulo II, depois do sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

Cada Jornada Mundial da Juventude realiza-se, anualmente, a nível diocesano no Domingo de Ramos, alternando com um encontro internacional a cada dois ou três anos numa grande cidade: em 1987, Buenos Aires (Argentina); em 1989, Santiago de Compostela (Espanha); em 1991, Czestochowa (Polónia); em 1993 em Denver (EUA); em 1995, Manila (Filipinas); em 1997, Paris (França); em 2000, Roma (Itália); em 2002, Toronto (Canadá); em 2005, Colónia (Alemanha); em 2008, Sidney (Austrália); em 2011, Madrid (Espanha); Rio de Janeiro (Brasil), em 2013; e Cracóvia (Polónia), em 2016.