Mensagem do Diretor – Caminhar na Misericórdia

Padre João Dias, Director da Pastoral da Juventude de Setúbal

Padre João Dias, Director da Pastoral da Juventude de Setúbal

O ano pastoral já se iniciou e também o secretariado da Pastoral da Juventude irá começar a lançar as propostas para este ano. Um ano de caminho na senda da Misericórdia de Deus. É este o desafio que o Papa Francisco nos lança ao convocar o Jubileu da Misericórdia.

Somos convocados a entrar na dinâmica de nos tornamos próximos, de nos compadecermos com os padecidos, de ter um coração (-córdia) sensível ao sofrimento e às misérias (Miseri-) do homem, à semelhança de Cristo que, pela Sua encarnação, assume as nossas misérias, para que, pelo Seu Coração, possamos ser redimidos.

A Misericórdia é também o mote para os jovens, continuando a reflexão sobre as Bem-aventuranças, no seguimento do triénio de reflexão proposto pelo Papa à juventude. «Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão Misericórdia» será o tema que nos alimentará nas Jornadas Mundiais da Juventude de Cracóvia, nas quais iremos participar.

Esta é uma peregrinação em resposta ao Papa que nos convoca, mas é, simultaneamente, um momento de encontro com os jovens católicos de todo o mundo, no qual a expressão da comunhão eclesial nos fortifica, desafia e envia, a viver e a levar a todos, a Misericórdia que jorra do Coração de Jesus, num fazer-me próximo das realidades de miséria com que vamos sendo confrontados. Saibamos aprender a Misericórdia para a viver no dia-a-dia.

Temos também a alegria de acolher o novo Bispo, D. José Ornelas de Carvalho, que na sua entrevista ao semanário diocesano, Notícias de Setúbal, nos desafia a ser «protagonistas do caminho da Diocese».

Aceitemos este desafio, dando sinal do nosso desejo de servir a Deus e à Igreja, a começar já no dia 25 de Outubro, no dia da sua tomada de posse. Queremos ser sinal, com a nossa presença, de querer assumir este «protagonismo», sendo prova de que os jovens não são do amanhã, mas do hoje.

Pe João Nabais Dias