Passar as cartas

Filename dinamica_passa_as_cartas_v2.pdf
Filesize 89 kB
Version 2
Date added 10 Março, 2014
Downloaded 110 times
Category Dinâmicas
Tags 12+, Dinâmicas, Icebreakers

Resumo: Uma actividade onde os participantes passam as cartas uns aos outros de uma forma cruzada. Ganha a primeira equipa que conseguir passar a totalidade das cartas.
Objectivo: Reforçar o trabalho em equipa; aproveitar o espírito da competitividade para dar “energia” a encontros e reuniões.
Quando usar:  Antes ou durante uma reunião.  Pode ser usado como quebra-gelo na fase inicial do encontro ou para dar “energia” a meio de uma longa discussão.
Idades: A partir dos 12 anos
Dimensão do grupo: 8-20 pessoas
Duração da actividade: 15-20 minutos
Local: Sala espaçosa ou Ar Livre
Dificuldade: 1/5 (Fácil)
Tags: Cooperação; Team-building; Quebra-Gelo; Jogos
Material necessário:

  • 8-20 cadeiras (1 para cada participante)
  • 2 baralhos de cartas (ou em alternativa 1 baralho dividido ao meio)
  • Prémio para a equipa mais rápida a terminar a tarefa (opcional).

 

Preparação

  1.  Divide o grupo em 2 equipas.
  2.  Organiza as duas equipas de forma a que fiquem em duas filas paralelas, frente a frente (voltados para o centro).
  3.  Coloca o baralho de cartas no chão, junto à ponta mais à direita de cada fila.
  4.  Fornece as instruções e dá 5 minutos para que cada equipa possa criar uma estratégia para defender o desafio.

 

Regras

  1.  Para iniciar o jogo, o participante mais próximo do baralho, apanha uma carta do chão com a sua mão esquerda.
  2.  De seguida, usa a sua mão esquerda parar passa a carta à mão direita do seu colega de equipa.
  3.  O segundo participante recebe a carta na sua mão direita, passa a carta para sua mão esquerda e por sua vez entrega a carta na mão direita do próximo colega de equipa.
  4.  O Jogo continua até que o último participante colocar a carta (com sua mão esquerda) numa pilha, localizada na outra extremidade.
  5.  Ninguém pode ter mais do que uma carta a cada momento na mão.
  6.  A primeira equipa a transferir todas as cartas de um lado ao outro, ganha.
  7.  Logo que o primeiro participante apanhar e passar a primeira carta, não tem que esperar que carta viaje durante toda a linha para apanhar a segunda carta.

Perguntas de acompanhamento

(opcional)

 

  1.  (Caso aconteça) Como é que se sentiram quando um colega deixou cair uma carta?
  2.  Quais as estratégias que funcionaram melhor?
  3.  Quando é que temos que estar mais em “sintonia” uns com os outros?

 

Dicas

 

  • Usa esta oportunidade para misturar as equipas. Cria as equipas com elementos que normalmente não trabalham juntos.
  • Tanto quanto for possível, mantém as duas equipas alinhadas frente a frente para que todos os elementos se possam ver. Isto irá fazer aumentar a competitividade e também aumenta as distrações!
  • Pode escrever as regras do jogo num quadro.

Variações

 

  • Para tornar o jogo mais difícil, pode-se vendar os participantes (ou apenas alguns, por exemplo, o primeiro e o último).
  • Podem ser usados outros objectos em vez de cartas: moedas, clips, palhinhas…
  • É também possível dificultar a tarefa, usando blocos de notas (post-its) e exigindo que cada bloco seja reconstruído no final.